Gaiurb, um bom exemplo de inclusão social

0
245

Pessoas portadoras de deficiência não encontram barreiras para poder trabalhar nesta empresa municipal, que já venceu prémios de inclusão

Por Conceição Dias

A Gaiurb foi distinguida como “Marca Entidade Empregadora Inclusiva”, pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP). Este prémio é o reconhecimento de práticas de gestão aberta e inclusiva. A distinção é um contributo positivo para a empresa, com uma política de igualdade, de oportunidade e não de discriminação no acesso ao emprego.

Paulo Pereira é um exemplo de inclusão por parte da Gaiurb. Foi nesta empresa que encontrou há 18 anos a sua “segunda casa”. Natural de Avintes, no concelho de Vila Nova de Gaia, Paulo Pereira ficou cego devido à diabetes e após ter feito um transplante renal no Hospital de Santo António, no Porto, onde continua com as suas consultas de rotina. Não se deixou abater, foi à procura de emprego, para poder sobreviver.

“Procurei emprego em vários sítios. Mas as portas estavam fechadas… talvez por ser cego”, diz Paulo Pereira, que finalmente encontrou o local certo para trabalhar. “A Gaiurb abriu-me as portas e teve toda a abertura do mundo para me integrar nos seus quadros como telefonista.”

Apesar das limitações de visão, Paulo Pereira é totalmente independente na sua vida quotidiana: desde as tarefas domésticas, até à deslocação para o trabalho, para o que tem de utilizar três meios de transporte nos seus movimentos pendulares. “Mas isso não me impede de estar a horas no trabalho”, graceja Paulo Pereira.  A sua força de vontade e empenho são um exemplo de vontade em contrariar todas as probabilidades e conseguir vencer…

Dados sobre a Gaiurb:
A comissão de peritos do Instituto do Emprego e Formação Profissional entrega, de dois em dois anos, o prémio “Marca Entidade Empregadora Inclusiva”, com o objectivo de promover entidades que contribuíram para a implementação de um mercado de trabalho igualitário.

As entidades candidatas ao prémio devem preencher os seguintes requisitos: bons serviços de recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional, manutenção do emprego, acessibilidade de serviço e relação com a comunidade.

A Gaiurb, além dos requisitos de candidatura, apresentou um conjunto de ferramentas complementares de auxílio, aos trabalhadores, dando especial atenção aos funcionários portadores de deficiência. Na lista está o novo site “+inclusivo”, a plataforma interna de comunicação acessível a todos os funcionários, é uma prática de trabalhos em recurso a papel.