Hospital de Gaia disponibiliza camas a feridos de guerra

0
53

Três dezenas de camas no Hospital Gaia/Espinho para acolher eventuais feridos ucranianos; quanto ao Centro Materno Infantil, já inaugurou os seus serviços.

Por Jorge Santos

Prevendo feridos entre os refugiados do conflito na Ucrânia e que vão chegando ao nosso país, o Hospital Gaia/Espinho, antigo Santos Silva, tomou as precauções necessárias e pôs 30 camas à disposição dos eventuais feridos, disse à Lusa fonte hospital.

O “Gaia/Espinho” geriu a distribuição com 10 de adulto em enfermaria e duas em cuidados intensivos.

As crianças não foram esquecidas e terão disponíveis 10 camas em enfermaria e cinco em cuidados neonatais.

Centro Materno Infantil bem apetrechado

Há muito que gaienses e espinhense reclamavam o Centro Materno Infantil. Desde dia 8 de Março, as mães e os bebés passaram a ter um espaço digno no Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

Está equipado com 82 camas, 16 incubadoras e cinco novos espaços para partos.

Nesta nova ala, funcionará serviço de urgência de obstetrícia e ginecologia, uma unidade de neonatologia e cuidados intensivos neonatais.